POEMAS ÓRFICOS

Imagem relacionada

 [...] aqueles que cultivam a filosofia da maneira correta se exercitam para morrer, a morte se afigurando para eles menos temível do que para quaisquer outros seres humanos. Platão

I
Este dito da Memória é sagrado:
quando, porventura, você morrer,
acharás à esquerda da morada do Hades uma fonte,
e erguendo-se ao lado dela um branco cipreste.
Desta fonte não te aproximes.
Depois encontrarás outra, a do Lago da Memória,
fresca água que segue fluindo, e há sentinelas diante dela.
Diz: “Eu sou criatura da Terra e do Céu estrelado;
mas minha raça é apenas do Céu. Isso vós sabeis.
Porém me consumo de sede e pereço. Dai-me rapidamente
a fria água que flui do Lago da Memória”.
E eles mesmos te darão de beber da fonte sagrada.
E depois entre os demais heróis terás o domínio.

II
Consumo-me de sede e pereço. Mas dá-me de beber
da fonte sempre fluente da direita, onde está o cipreste.
Quem és tu?
De onde és? − Eu sou o filho da Terra e do Céu estrelado.

III
Mas tão logo o espírito deixou a luz do sol,
vê à direita até onde pode ir, sendo em tudo muito cauteloso.
Salve, tu que sofreste o sofrimento. Isto tu nunca sofreste antes.
Tu te converteste de homem em deus.
Um cabrito és, mergulhado no leite.
Salve, salve tu, que viajas pelo caminho da direita,
por sagradas pradarias e pequenos bosques de Perséfone.

IV
Venho dentre os puros, ó pura Rainha dos subterrâneos,
e Euclese Eubúleo e outros deuses e dáimons:
também confesso que sou da vossa estirpe bem-aventurada.
Paguei a pena por feitos ímpios,
ou porque a Moirame pôs sob os deuses imortais
ou o Fulgurante como o raio das estrelas arrojado.
Escapei do doloroso e triste círculo.

Tomei a desejada coroa com pés velozes.
Fundi-me sob o seio da Soberana, Rainha do Hades.
E agora venho como suplicante à sagrada Perséfone,
para que por sua graça me envie às sedes dos Santificados.
− Feliz e bem-aventurado, tu serás deus em vez de mortal.
Cabrito, mergulhado no leite.

V
Ela vem dentre os puros, ó pura Rainha dos subterrâneos,
e Eucles e Eubúleo, filho de Zeus. “Recebe aqui o dom
da Memória, tão celebrado entre os homens”.
Cecília Secundina, vem, pela lei levada a ser divina.

Tradução: Rodrigo Petronio

Ps♣ Quando a gente ama uma pessoa ela nunca morre.. porque enquanto, ela estiver em nossos sentimentos e pensamentos ela sempre vai existir.

Imagem relacionada