Aprendendo a ser fênix

Fênix

Nem tudo acontece no ritmo que se deseja e as vezes é essencial que criemos oportunidades onde elas não existem.

“A vida é um processo de mudanças, jamais estamos na mesma situação”.

 

Temos vivido tempos turbulentos, experimentado de alguma maneira situações de pressão extrema. Tempo difícil requer força, resistência e destemor. Contudo, tanta determinação não é o suficiente para enfrentar uma crise.

Procuro acreditar que não sou impotente e que a minha força de caráter irá me  permitir passar por isso. Renascendo a cada crise de forma renovada e com mais sabedoria, como fênix, pássaro árabe lendário, que morre e renasce das próprias cinzas.

Outrossim, talvez em tempo algum da história de nossa civilização vivemos com tamanha intensidade tantas transformações, que nos exige enfrentar novos desafios e ao combater com determinação o desenrolar dos fatos, quer nos satisfaça ou não, crescemos como indivíduos

Não é um aprendizado fácil e nos exige força interior e a capacidade de se recuperar, de seguir em frente. Não devemos encarar de forma negativa este período, será que não é uma forma de catapultar nossa vida atual?

Vida é sinônimo de fases, ciclo, movimento e agitação. O eterno fluir, é a transformação e a mudança que permite que o mundo continue em ação.

E parafraseando Heráclito: “Nada existe de permanente a não ser a mudança.” Que tenhamos sabedoria para recriarmos como a ave fênix, para  renascermos ainda mais resplandecentes.

A mudança não assegura necessariamente progresso, mas o progresso implacavelmente requer mudança.

                                                  Henry S. Commager

 👉https://blogdosaber.com.br/reflexao-os-sonhos-precisam-voar-de-augusto-cury/

Nota de Rodapé Não podemos esquecer que temos quase um superpoder, que é nossa autonomia, nosso poder de escolha e liberdade interno. E é ele que pode nos apoiar a ver o mundo com outros olhos e enxergar o que não víamos antes. Apenas nós , podemos encontrar solução para os nossos problemas.

Descubra mais sobre Crônicas, reflexões e pensamentos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

2 pensou em “Aprendendo a ser fênix

  1. Acredito que o número é maior, hoje as pessoas tem mais consciência acerca dos distúrbios mentais e procuram ajuda. Procuram fazer sua mais perigosa viagem (ao interior de si mesmo!)E passam a entender que no nosso interior existem limites. Que não adianta construir uma vida que pareça bem por fora, tem que estar bem por dentro.

Obrigado pelo contato :)