Ciclo Solar de 33 anos e Eterno Retorno Nietzsche

Contra Corrente lança o EP Deja Vu | Brasil Hip Hop

“É tentador achar que a vida (e seus possíveis significados ocultos) ‘consta nos astros, nos signos, nos búzios’, nos números” 

Não apenas nos países cristãos, mas também em muitos outros países (como, por exemplo, a Turquia e o Irã), há uma crença segundo a qual os 33 anos de idade serão felizes ou desastrosos. Na França, tal como em outros países cristãos, essa crença tem como explicação o fato de Cristo ter morrido aos 33 anos de idade, o que influenciou fortemente a imaginação popular. Mas qual a explicação para os países islâmicos? Certamente a razão não é o fato de o templo de Salomão — do maior mágico dos muçulmanos – ter sido destruído ao final de 33 anos. Como ocorre com tantas outras coisas, a explicação é dada pela Astrologia.
A verdadeira razão dessa crença é o fato de o Sol, no final do ciclo de 33 anos, encontrar-se no mesmo dia e no mesmo minuto de longitude, de maneira que, se o indivíduo estiver no local de seu nascimento, sua Revolução Solar terá a mesma orientação celeste do tema natal.
Esse ciclo solar de 33 anos, que desempenha importante papel na orientação do tema anual, parece relacionar-se igualmente com as 33 cúpulas que cercam a cavidade central maior de um altar de oferendas descoberto no templo-palácio de Malha, em Creta, com os 33 dias durante os quais o maná caiu do céu, com os 33 cantos de Dante, com os 33 graus da Franco-Maçonaria, com os 33 deuses atmosféricos dos livros do Zen, com as 33 divindades invocadas nos cantos do Rig-Veda, com os 33 Arhats da hierarquia budista, com os 33 corpos visíveis do Bodhisattva Avalokitesvara – que deram origem (há cerca de um milênio) a uma grande peregrinação japonesa aos 33 santuários – e com o falecimento de Khrishna, aos 33 anos.
Na Antigüidade, a maioria das iniciações realizava-se no equinócio da primavera (isto é, no momento do Retorno Solar que dá início a um novo ano do mundo). Da mesma forma, ninguém recebia a revelação completa antes da idade de 33 anos, que leva as casas individuais ao seu lugar natal. Como vemos, a expressão “segundo nascimento“, aplicada aos iniciados, correspondia a uma realidade astrológica. Na tradição islâmica, todos os bem-aventurados que habitam o Paraíso têm 33 anos, ao passo que, na África negra, o trabalho do tecelão (cujo simbolismo é bem conhecido e dispensa comentários) é feito de 33 peças distintas.
O que a ciência tem a dizer sobre o Déjà Vu? - YouTube
Os antigos, que espiritualizaram tantos fenômenos celestes, a começar pelo ciclo do ano, representam cada uma das 33 orientações anuais sucessivas como um caminho místico particular do destino humano. São os 33 caminhos místicos do norte, os quais, segundo os ioguins hindus, conduzem o iniciado à iluminação total e ao seu Thulé, denominado Outrara Kourou, Tchang daminien e Chambhala. Essas 33 orientações anuais vinculam-se às 33 consoantes articuladas do alfabeto sânscrito, que constituem as manifestações do Verbo.
É possível igualmente perceber uma alusão a esse ciclo na festa judaica do Lag ba Omer, o 33º dia do Omer, data presumível da morte do rabino Siméon Bar Yochai, criador da Cabala.
Acaso os 33 toques diários do sino, que despertam às 2 horas da madrugada os monges do mosteiro cristão mais antigo do mundo, fundado no século I d.C. – o mosteiro de Santa Catarina do Sinai, situado a 400 quilômetros da cidade do Cairo — não falam da mesma coisa?
Alexandre Volguine
Fonte:astrologiaautoconhecimento.blogspot.com › 2011/03
Nietzsche - tragédia e existência
 

O Eterno Retorno na Filosofia de Friedrich Nietzsche

A vida é uma das maiores incógnitas da humanidade, muitas vezes, as pessoas se deparam com lugares e experiências que parecem já ter sido vividas, então, como alguém se sentiria vivendo a sua vida em forma de looping? O axioma do eterno retorno é um dos mais intrigantes e misteriosos da filosofia de Friedrich Nietzsche, ele é mencionado pela primeira vez na primeira versão do seu quarto livro, que possui o título: A Gaia ciência (MARTON, 2016).

De acordo com Nietzsche, esse pensamento veio do nada, enquanto ele parara sobre uma grande rocha piramidal em uma caminhada num lado na Suíça. O eterno retorno é deferido como uma verdade alegre, ou seja, aquela que seria bem acolhida por alguém que ama a vida ao máximo. Essa ideia, realmente não é figurada em qualquer uma das obras publicadas de Nietzsche. Porém, em sua obra “A vontade de poder”, existe uma seção inteira, dedicada apenas ao eterno retorno. A partir disso, é evidente que Nietzsche começou a levar a sério a possibilidade de que essa doutrina fosse realmente verdadeira. O mesmo inclusive ponderou se matricular em uma Universidade para se graduar em física, com o intuito de investigar essa ideia de acordo com as leis da física

É importante ressaltar, não obstante, que o autor jamais insiste em sua verdade de forma literal em seus escritos publicados. Por outro lado, ele apresenta o Eterno retorno, como uma espécie de experiência de pensamentos, para testar a sua atitude perante a vida. O argumento básico para o eterno retorno é bastante simples, para Nietzsche, se a quantidade de matéria ou energia no universo é finita, então há um número finito de formas em que as coisas no espaço podem ser arranjadas (ALMEIDA, 2005).

Esse é um dos pensamentos mais conflituosos de Nietzsche, e que irá ser concebida como uma das ideias filosóficas mais populares do século XX. Muito embora, evidentemente, o Eterno retorno ter sido proposto ainda ao final do século XIX. É importante enfatizar que a doutrina do eterno retorno é um “processo seletivo”, ou seja, um mecanismo de atribuição de valor. Essa ideia é uma forma de operar uma seleção, uma triagem dos instantes de vida que merecem ser vividos. Ou seja, uma separação dos instantes de vida de êxito, dos momentos de vida fracassados.

Conceito do Eterno Retorno

 

Destarte, qualquer um desses “estados” irá constituir o equilíbrio do universo, dessa maneira, seria o caso em que o universo deixaria de mudar, ou ainda, tal mudança seria constante. O tempo é infinito, tanto para frente quanto para trás. Portanto, caso o universo fosse entrar no Estado de equilíbrio, o teria feito. Uma vez que, em uma quantidade infinita de tempo, todas as possibilidades já haveriam ocorrido, desde que claramente ainda não atingiu o seu estado de estabilidade, o universo jamais irá alcançá-lo (NIETZSCHE, 2001).

Portanto, de acordo com Nietzsche, o universo é dinâmico, infinitamente passando por uma sucessão de arranjos diferentes. Todavia, uma vez que exista um finito, embora o número de arranjo seja consideravelmente vasto, eles devem se repetir uma série de vezes, separados por vastas eras de tempo. Ademais, eles já devem ter surgido um número infinito de vezes no passado, e irão fazer novamente um número infinito de vezes no futuro.

A ideia de Nietzsche, é que cada pessoa, irá viver a sua vida novamente, de forma análoga a como está vivendo, em decorrência da finitude da energia do universo, em consonância a sua dinâmica e periodicidade. Variações desse argumento já haviam sido apresentadas por autores antes de Nietzsche, como o político radical francês Auguste Blanc.

É importante salientar que em nenhuma passagem Nietzsche afirma que essa doutrina do Eterno retorno é uma verdade literal, em vez disso, ele aborda que as pessoas devem considerar como uma possibilidade. O autor também pondera como as pessoas iriam reagir caso isso fosse verídico. Ele assume que a primeira reação seria um total desespero coletivo, pois a condição humana é trágica, a vida contém muito sofrimento, e o pensamento de que viver tudo isso de uma forma cíclica, parece ser algo terrível.

Por outro lado, o autor também pondera outras reações, supondo que alguém conseguisse acolher essa notícia e abraçá-la como algo que se deseja. De acordo com o autor, isso seria e expressão máxima de uma atitude de afirmação de vida, ou seja, querer essa vida com toda a dor, frustração e tédio outra vez. Esse pensamento se conecta com uma das passagens do quarto livro de “A Gaia ciência”, que é o de ser um “sim senhor”, um afirmador de vida e de amor fático – o amor ao destino – essa é também a forma como a ideia é apresentada.

O ser humano ser capaz de abraçar o Eterno retorno, seria então a expressão máxima do seu amor pela vida, e o seu desejo de permanecer fiel à terra. Talvez essa seria a resposta do Ubermensch – O super-homem de Nietzsche, que é antecipado como “O maior tipo de ser humano”. O interessante é que religiões com o cristianismo, que veem esse mundo como inferior a outro, e esta vida como uma mera preparação para uma vida melhor no paraíso.

OeternoRetorno Instagram posts (photos and videos) - Picuki.com

O Eterno retorno de Nietzsche, portanto, oferece uma noção distinta de imortalidade. Há uma separação da vida fracassada e medíocre, frente a uma vida intensa e grandiosa.  Nietzsche aborda que na vida há o que vale a pena ser vivido e o que merece perecer. É inexorável como essa doutrina faz com que o ser humano pondere sobre o que ele está fazendo e como está passando a sua vida.

A Lei de Lavoisier, aborda que nada se cria, nada se perde e tudo se transforma na natureza, e isso é similar ao que a teoria do eterno retorno defende, pois a vida seria cíclica, assim como o seu sofrimento e também as duas virtudes. Como já mencionado, o eterno retorno pode ser visto como algo ruim, ou uma prisão para os seres humanos. Ou ainda como uma forma de crescimento e novas visões sobre como os momentos da vida devem ser vividos ao máximo. A sua relação conflituosa com as religiões também torna essa doutrina uma das mais populares de Nietzsche.

Fonte:fasbam.edu.br › Blog › Blog de Filosofia

O Eterno Retorno (Quando Nietzsche... Friedrich Nietzsche

24 pensou em “Ciclo Solar de 33 anos e Eterno Retorno Nietzsche

  1. Amritsar is a city in the northwestern Indian state of Punjab, 28 kilometers from the border with Pakistan. At the center of its walled old town, the gilded Golden Temple (Harmandir Sahib) is the holiest gurdwara (religious complex) of the Sikh religion. It’s at the end of a causeway, surrounded by the sacred Amrit Sarovar tank (lake), where pilgrims bathe.

    [url=https://channeliser.com/forums/topic/265/outlook-ost-recover-file-into-pst-file/view/post_id/609] Amritsar [/url]

  2. Great post. I ued to be cecking continuously this weblog and I’m impressed!
    Very useful information soecially the remaining phase 🙂
    I caqre for such information a lot. I used to be seeking this certain information for
    a long time. Thank you and good luck.
    site

  3. É preciso coragem para ser imperfeito. Aceitar e abraçar as nossas fraquezas e amá-las. E deixar de lado a imagem da pessoa que devia ser, para aceitar a pessoa que realmente sou.

    Brené Brown

    Tudo na vida acontece em ciclo. O Pôr do sol precede o nascer do sol, de novo e de novo. E olhando para o meu ciclo solar de 33 anos, me sinto vivendo as mesmas situações, fazendo as mesmas escolhas de antes, como se tivesse vivendo um Déjà vu. Contudo, estou tentando vencer um ciclo, será que é possível?Ou tudo tem seu tempo?

    Ps=Costumamos viver a falsa crença de que o difícil é mais gostoso, será? Ou será que quando existe uma porta fechada, talvez ela não seja a porta certa? Sendo melhor seguir em frente.

  4. چرا مردان متاهل دوست دختر دارند؟ شاید
    در اطراف خود مردانی را دیده
    باشید که با وجود همسرانشان در روابط عاطفی و جنسی با زنان دیگر هستند.

    خیانت یکی از معضلات زندگی مشترک است و اساس خانواده را از بین می برد
    که در مردان بیشتر از زنان دیده می شود.
    فقدان رابطه مؤثر زن و شوهر دلیل اصلی خیانت است.

    در صورتی که با چند مشاوره قبل از ازدواج می توان سوء
    تفاهم ها را در آینده شناسایی یا از آن
    جلوگیری کرد. در زیر دلایل جذب مردان
    به زنان دیگر و ویژگی های
    شخص ثالث در یک رابطه آورده
    شده است. همچنین می توانید برای مشاوره خیانت مراجعه کنید و در این زمینه از او کمک بگیرید.

    چرا مردان متأهل دوست دختر دارند ؟
    چرا مردان متأهل دوست دختر دارند ؟
    چرا مردها خیانت می کنند؟
    در پاسخ به این سوال که چرا مردان خیانت می کنند، نظر غالب این است که مردان به دلیل نارضایتی جنسی خیانت می کنند و سعی می
    کنند این نیاز را به همراه زنان دیگر را
    برآورده کنند.

    برخی دیگر بر این باورند که زیبایی و اندام عالی دلیل اصلی
    خیانت مردان به همسرانشان است.
    مردان همیشه دوست دارند با یک زن زیبا رابطه داشته باشند.

    اگرچه نمی توان نقش این عوامل را
    نادیده گرفت، اما تحقیقات روانشناختی نشان می دهد که کمبودهای عاطفی در بالای جدول قرار دارند.

    مطالعات نشان می دهد که بر خلاف تصور رایج،
    درصد کمی از خیانت ها به دلیل مشکلات جنسی است.
    مهم ترین عامل محرک خیانت مردان «نیازهای عاطفی» است.

    بیش از 80 درصد مردان نیازهای عاطفی را دلیل اصلی خیانت خود می
    دانند و نمی توانند ارتباط عاطفی مورد نیاز خود را
    با همسر خود داشته باشند. چرا مردان متاهل دوست دختر دارند؟ در زیر لیستی از عوامل
    مرتبط با خیانت مردان وجود دارد.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.